Com o lançamento de seu terceiro disco, Afastamento, o cantor e compositor capixaba Juliano Gauche tomou de assalto as críticas musicais, que encararam seu novo trabalho como um encerramento de um ciclo. Mas para o cantor, este é apenas um processo natural de um artista em constante evolução.

Nesta edição da Estação Urb, Juliano comenta algumas músicas de “Afastamento”, explica seu processo criativo e esclarece esse tal papo sobre “encerramentos de ciclos”.

 

Tags:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *